Como fazer uma cotação do seguro residencial

0
490

A nossa casa é um dos bens mais importantes que costumamos ter. Afinal, é ali que boa parte de nossa vida acontece e também onde nos sentimos seguros — ou, pelo menos, deveríamos. Por isso, saber como fazer uma cotação do seguro residencial é algo fundamental.

Por isso, é importante, entre os diversos cuidados que tomamos com a nossa residência, investir em um seguro que proteja toda a família, além de evitar prejuízos, caso algum sinistro aconteça.

como fazer uma cotação do seguro residencial

Clique aqui e saiba o que o seguro residencial cobre

Como fazer uma cotação do seguro residencial: tudo que você precisa saber

Como fazer uma cotação do seguro residencial? Para te ajudar a entender como funcionam as apólices de seguro e como escolher a melhor para você, separamos o assunto em três importantes tópicos: como funcionam as coberturas, o que influencia no valor final e quais as coberturas que são ideais para você e a sua família. Veja:

Apólice de seguro: como funciona?

Um seguro é o contrato entre uma seguradora e um contratante, indivíduo ou empresa. O segurado paga um valor pré-determinado e a seguradora, por sua vez, paga o valor correspondente em caso de alguma perda financeira durante o período acertado.

Os riscos envolvidos são transferidos para a companhia contratada e todas as informações do seguro são registrados no documento chamado apólice.

O que influencia o preço do seguro residencial?

Existem alguns fatores importantes que afetam o preço de uma apólice de seguro residencial.

Clique aqui e confira muitos outros produtos da Melhor Seguros

O primeiro deles é o número de coberturas contratadas. Você pode incluir proteção contra efeitos da natureza, como raio e inundação, assim como contra roubo — e a cobertura pode incluir também equipamentos eletrônicos e outros bens, como móveis e objetos de uso pessoal.

As joias, por exemplo, são pertences comumente segurados. Sendo assim, saber como fazer uma cotação do seguro residencial é algo muito importante.

Há, ainda, a possibilidade de incluir na apólice coberturas para reparo elétrico ou hidráulico, além de outros serviços, como limpeza de caixa d’água ou chaveiro.

Todos esses serviços aumentam o valor da apólice. Outros fatores que afetam o valor dos seguros são a tipologia do imóvel, se é um apartamento ou uma casa, o perfil do contratante e o custo das obras. Afinal, o seguro residencial não indeniza o valor comercial, mas sim o de reconstrução do imóvel.

Quais são as coberturas ideais para mim?

Na hora de escolher um seguro, leve em consideração o imóvel em que você reside e o tipo de manutenção que você pode precisar. Morar em um prédio em uma rua alta, por exemplo, diminui as chances de inundação a quase zero, tornando desnecessária esse tipo de cobertura.

Por outro lado, se você mora em um ponto da cidade onde alagamentos são comuns, se proteger contra esse tipo de problema é muito importante.

Avalie também qual é o tipo de seguro que você quer fazer: apenas do imóvel ou também dos equipamentos eletrônicos, por exemplo.

Embora o valor da apólice possa aumentar um pouco, dependendo das coberturas contratadas, os ganhos em tranquilidade são muito maiores. Por isso, analise com cuidado e leve em consideração as coberturas que vão oferecer a melhor proteção para você e a sua família.

Agora que você já sabe como fazer uma cotação do seguro residencial, aproveite para saber mais sobre o nosso produto. Fale com os nossos especialistas, tire todas as suas dúvidas e faça uma cotação com a MELHOR SEGUROS.

Deixe um comentário

Digite seu comentário
Deixe seu nome aqui