Perguntas Frequentes:

Qual é a diferença entre PGBL e VGBL? E qual é o mais recomendado para mim?

A diferença entre esses dois tipos de previdência é a tributação atribuída a cada um deles. O PGBL é o plano mais indicado para quem faz a declaração de imposto de renda completa, já que permite que seja abatido até 12% da renda bruta tributável em função do plano de previdência privada. Já o VGBL é recomendado para quem declara o Imposto de Renda pelo formulário simples. Neste tipo, as contribuições ao Imposto de Renda não são dedutíveis, e a tributação acontece apenas sobre o valor do ganho de capital.

Qual é a diferença entre Tabela Regressiva e Progressiva? Posso mudar depois?

A diferença é a forma de cobrança do imposto de renda. Ou seja, caso opte pela Regressiva, a alíquota inicial é de 35%, nos 2 primeiros anos, podendo regredir até 10%, quando atingir 10 anos. Esta tributação é passível de dedução fiscal na declaração do Imposto de Renda. Já a Progressiva é, atualmente, a mesma que determina a alíquota do imposto de renda sobre o seu salário, com percentuais que variam de zero a 27,5%. Esta tributação também é passível de dedução fiscal na declaração do Imposto de Renda. É possível fazer alterações somente até o último dia útil do mês subsequente à contratação, e apenas de Progressiva para Regressiva.

O que é tábua atuarial?

A tábua atuarial é uma tabela que calcula o benefício de renda vitalícia e se baseia em diversos fatores, como: expectativa de vida, fatores sociais e saneamento básico. Para os planos de previdência da Icatu, a tábua utilizada é a Experiência do Mercado Segurador Brasileiro (BR_EMS). Ela foi desenvolvida com base no histórico de mortalidade e sobrevivência de participantes dos segmentos de previdência.

O que é taxa de carregamento? Há alguma taxa de carregamento, seja na entrada ou na saída?

A taxa de carregamento é o percentual incidente sobre as contribuições pagas para atender às despesas administrativas, de corretagem e colocação do plano. Neste plano, não há taxa de carregamento de entrada. Já na saída, a taxa é de acordo com uma tabela regressiva que pode ser até 0%, após 36 meses. Depois deste período, não haverá nenhuma cobrança de taxa para o investidor em caso de resgate ou portabilidade.

O que é idade de saída? Isso pode ser alterado posteriormente?

Idade de saída é a idade em que se deseja começar a receber o benefício. Essa informação pode ser alterada a qualquer momento.

Existe algum custo para adquirir este plano?

O investidor terá apenas o custo da taxa de administração sobre o fundo de investimento do plano selecionado. Este valor é pago pela gestão e operacionalização do plano.

Existe a cobrança de taxa de performance para fundos de previdência?

A taxa de performance não é cobrada para fundos de previdência.

Há incidência de come-cotas neste tipo de investimento?

Não há incidência de come-cotas para fundos de previdência. Ou seja, o plano de previdência não possui antecipação semestral de imposto.

Posso me declarar beneficiário do meu plano?

Não é possível se declarar beneficiário do próprio plano, uma vez que os benefícios só são repassados em caso de falecimento do próprio titular do plano.

Existe um prazo mínimo para movimentar o valor ou realizar uma nova portabilidade?

Sim. Após a contratação do plano de previdência, há uma carência de 60 dias para solicitar qualquer movimentação ou realizar uma nova portabilidade.


Solicite a sua Previdência Privada
Há incidência de taxa de carregamento para valores oriundos de portabilidade?

Não é cobrada nenhuma taxa de carregamento sobre valores oriundos de portabilidade.

Há incidência de taxa de carregamento para valores de portabilidade de saída?

Caso o contribuinte realize uma portabilidade de saída, dentro do prazo de 36 meses da contratação do plano, haverá a cobrança da taxa de carregamento sobre o valor do aporte. Ou seja, neste caso, a taxa será cobrada sobre o valor investido e não oriundo de uma portabilidade.

Quais são os tipos de renda que eu posso receber?

O contribuinte pode realizar o resgate total do valor ou, quando atingir a idade de saída, recebê-lo em renda vitalícia ou por prazo predeterminado.

Em que momento eu escolho o tipo de renda que eu vou receber?

Apenas quando atingir a idade de saída.

Posso, posteriormente, aumentar o valor de contribuição?

Sim, basta solicitar em um dos canais de atendimento. Aportes esporádicos são de, no mínimo, R$ 250,00

Onde encontro os dados necessários para fazer a minha portabilidade? Vocês têm acesso a eles?

Para fazer a portabilidade, você deve checar seus dados no extrato periódico recebido de sua seguradora ou no certificado de seu plano original.